TALUDE COM BORDILLO EXTRUSADO

Os métodos tradicionais para consolidar o talude consistiam em um cilindro hidráulico que comprimia o material inclinado lateralmente. Este cilindro estava unido a outro cilindro horizontal principal que comprimia o piso permitindo assim a compactação horizontal.

Os resultados obtidos com este sistema tradicional ocasionavam grandes riscos de acidentes porque os cilindros de compactação trabalham muito próximos da beirada. A medida que uma barragem cresce em altura, o trabalho se torna cada vez mais perigoso quando se adota este método.

Na barragem de Ita no Brasil se empregou pela primeira vez uma máquina extrusora colocada diretamente sobre o recheio da represa que era alinhada tipograficamente e por métodos laser. Esta máquina produzia uma guia a qual foi denominada de “bordillo” pela sua forma e posição na beira do talude.

Esta máquina extrusora é capaz de produzir entre 50m e 70m de bordillo por hora e devemos considerar que depois de 60 minutos de te-lo feito pode-se colocar a capa de recheio intermediária que atualmente se reduz a 3m ou 4m de largura.

Usando este método se empregam 4 homens: um com a função de operar a máquina, um para a descarga do concreto para a maquina extrusora e dois que controlam o material dentro da própria extrusora. Também é necessária a utilização de uma central de concreto, caminhões mixer com capacidade de 6 m³ e equipamento de acompanhamento topográfico (podendo usar-se aparelhos laser ou equipamentos tradicionais).

Os resultados obtidos com a utilização deste sistema são melhores do que com o sistema clássico. São eliminados desperdícios de material, evita-se a redução da largura utilizada para transitar e acima de tudo aumenta-se a segurança do trabalho, reduzindo também as interferências de todos os equipamentos que trabalham nessa área.

Esta tecnologia que se mostra simples e econômica esta sendo utilizada hoje em dia na maioria das barragens construídas no mundo.

show tsN fwR bsd fsN center uppercase b05n|left fwR tsN|left show fwR tsN fsN normalcase|bnull||image-wrap|news c05|fsN fwR normalcase tsN c05 sbse|b01 c05 bsd|login news fwR normalcase c05|tsN fwR c05 normalcase|signup c10 sbse|content-inner||

(11) 3083-4166